Fernando Nunes

Boa tarde grande Macedónio.

Caiam raios de saúde, jorram catadupas de sorte, que te fustiguem impiedosamente as rajadas de boa disposição.

Soem as trombetas na passagem do teu aniversário.

Meu querido amigo e camarada, um forte abraço com a certeza de estares sempre presente na minha memória e no meu coração.

Faz o favor de chegares, no mínimo, aos duzentos anos.

Até sempre!